Imposto de Renda 2017 – Prazos e documentos necessários

Imposto de Renda 2017 – Prazos

A Secretaria da Receita Federal do Brasil divulgou recentemente o prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2017 (IRPF 2017).

Segundo o cronograma apresentado as declarações se estenderão de 02 de março a 28 de abril sendo que os programas de preenchimento estarão disponíveis a partir do dia 20 de janeiro.

A Receita Federal do Brasil (RFB) esclarece que, neste ano, o programa traz outras funcionalidades com o objetivo de facilitar o cumprimento das obrigações tributárias por parte dos contribuintes. Além da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física o programa traz: o programa de apuração de ganhos de capital, o programa Carnê Leão 2017 e o rascunho da declaração.

Com o rascunho da declaração é possível fazer uma simulação da declaração a ser entregue, permitindo ao contribuinte agilizar a entrega da declaração.

Cronograma Programa do Imposto Renda 2017

Imposto de Renda 2017
Imposto de Renda 2017

Imposto Renda 2017  – Prepare os documentos

Assim como ocorre todos os anos quem entregar a declaração do Imposto de Renda 2017 primeiro, receberá a restituição primeiro (depois dos idosos que tem prioridade independente do prazo de entrega). E para declarar a rapidamente é necessário ter a documentação “em dia”.

Como foi dito anteriormente, o prazo para entrega se inicia dia 2 de março e os programas de preenchimento só estarão disponíveis a partir do dia 23 de fevereiro (download estará disponível no site da RFB: idg.receita.fazenda.gov.br)

Mas, apesar disso, você já pode prencher o rascunho disponível através do link disponibilizado abaixo e separar a documentação necessária.

Para acessar o rascunho da declaração clique aqui.

Documentos para Declaração Imposto de Renda 2017

Documentos básicos

Para preencher sua declaração corretamente necessitamos de documentos que fornecem informações básicas tais como: RG, CPF, comprovante de endereço, título de eleitor, cartão do banco para informar os dados bancários para restituição ou débito, cópia da declaração de imposto de renda de 2016 para facilitar o preenchimento.

Informe de rendimentos

O informe de rendimento é um dos principais documentos para a Declaração Imposto de Renda 2017. É fornecido pela fonte pagadora. Nele estão tudo o que foi recebido a título de salário (bruto), diárias, contribuições ao INSS e o imposto retido.

Nos extratos fornecido por instituições bancárias estão informações de rendimentos anuais de aplicações, saldo de contas e saldo de empréstimos e financiamentos.

Despesas com saúde e educação

Para deduzir os gastos com saúde e educação na Declaração Imposto de Renda 2017  é necessário ter guardado todas as notas fiscais e recibo referente à prestação destes serviços, e devem conter informações tais como: Razão Social, CNPJ, endereço do estabelecimento, nome completo do contribuinte, descrição do serviço prestado e valor.

Despesas com aluguel e empregados domésticos

Quem mora de aluguel pode deduzir essas despesas com os recibos de pagamentos fornecidos pelo proprietário do imóvel.

Para quem deseja deduzir as despesas com empregados domésticos é necessário ter em mãos todos os comprovantes de contribuições previdenciárias para empregados domésticos com carteira assinada.

Esses comprovantes são fornecidos pelo Simples Doméstico no sistema e-social da Receita Federal, que reúne o recolhimento de benefícios como INSS e FGTS.

Cuidado: a Receita Federal realiza o cruzamento de dados. Quando você informar seus gastos na Declaração Imposto de Renda 2017, ela já terá essa informação em seu banco de dados, pois os fornecedores de serviços (escolas, faculdades, serviços médicos) já terão informado através da emissão da nota fiscal eletrônica.

Portanto informe corretamente os dados para não ter sua declaração retida na malha fina.

Veja também:

Imposto de Renda 2017 – Prazos e documentos necessários
5 (100%) 3 votes

Deixar um comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.